terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

Congresso e Directas no PSD

Pedro Santana Lopes veio propor a realização de um Congresso para o PSD discutir a sua estrutura interna (regulamentos, eleições directas ou não). Argumento que as eleições directas tiraram força aos congressos do partido.
Algumas vozes dissonantes vieram condenar o congresso, certamente por já terem a máquina eleitoral preparada para as eleições directas.
Julgo que a melhor opção seria juntar as duas hipóteses: congresso + eleições directas em conjunto.
E como?
Um congresso de 4 dias:
- 1 dia: debates e discursos dos candidatos
- 2 dia: eleições. Apuramento do vencedor no final da noite
- 3 dia: discussão e votação de moções
- 4 dia: eleições dos restantes órgãos sociais e encerramento


Desta forma teríamos o melhor das duas soluções: os congressos voltariam a ser pujantes e marcantes na agenda política e todos os militantes teriam a possibilidade de escolher o seu líder.

sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

Há com cada uma!!!

“Refira-se que, face às dificuldades verificadas no âmbito das negociações, já foi emitida a Declaração de Utilidade Pública, tendo o EDIFER notificado todos os proprietários na expectativa de que, até ao final do ano, possa estar resolvido o problema da aquisição dos terrenos. A EDIFER, que pretende avançar com esta obra no início do próximo ano, já criou para o efeito 200 postos de trabalho, no âmbito de projectos e obras relacionadas com a Variante de Faro”, diz Miguel Freitas, em comunicado. - Observatório do Algarve.

Então a obra não tinha iniciado antes das eleições...
Veja-se o cartaz...!!!


quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Portagens na Via do Infante... depois das obras concluídas na EN 125!!!

"O deputado comunista José Soeiro dirigiu uma pergunta ao ministro das Obras Públicas para saber se Governo pretende introduzir portagens na Via do Infante."  in Barlavento.

O que está publicado sobre este assunto, no próprio site do Ministério das Obras Públicas, é que a EN 125 não oferece condições de alternativa à Via do Infante. Mas, depois de feitas as obras na EN 125, passando esta a proporcionar tráfego mais rápido, passa a ser considerada alternativa a vão portajar a Via do Infante.

Fiz um artigo mais completo sobre este assunto aqui.

Resumindo o teor do artigo em questão:

- "Em Outubro de 2006, foi feito um estudo pelo Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações... Nesse estudo são definidos 3 critérios para a aplicação de portagens: Índices de disparidade do PIB per capita regional, Índice do Poder de Compra Concelhio (IPCC) e Tempo de percurso das vias alternativas (leia-se EN 125 no caso do Algarve). No Algarve foi considerado que cumpríamos os dois primeiros critérios, mas não o terceiro (o tal do tempo das vias alternativas). Para este terceiro indicador foi criada uma fórmula que não é mais do que verificar se pela via alternativa se demora menos de 130% do tempo que se demora pela Via do Infante. Pela análise feita, foi considerado que se demora mais 140% na EN125 do que na Via do Infante (Lagos-VRSA faz-se em 1h03m33s pela Via do Infante e em 2h30m pela EN125), logo a Via do Infante não seria portajada. Como se pode ler nas conclusões do referido documento "…no caso da SCUT do Algarve, esta justifica-se por se considerarem insuficientes as alternativas de oferta no sistema rodoviário."



- "Voltemos à futura nova EN125. No estudo fala-se em "Melhoria do nível da velocidade média de percurso em 14%". Depois, é só fazer as contas! Se Lagos-VRSA se faz em 1h03m33s pela Via do Infante e o mesmo percurso na EN125 se passa a fazer em 2h09m (com a tal redução de 14%), o tal indicador que era de 140% passa a ser de 105%!!! E desta forma estão reunidos os três critérios para que avancem as portagens na Via do Infante!!!"


Está tudo escrito desde Outubro de 2006 no site do Ministério das Obras Públicas!
Depois de acabadas as obras na EN 125, a Via do Infante vai ser portajada!
Quem tem dúvidas?

domingo, 29 de Novembro de 2009

O Desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve tem vindo a subir de forma galopante e parece não haver forma de o conter.
As entidades públicas teimam em utilizar as mesmas medidas em todo o País como se houvesse uma receita milagrosa que desse resultados em todo o lado. O Algarve é das cinco regiões-plano aquela onde o desemprego mais cresce.


Vejamos os dados oficiais para o Algarve:
- INE (INE)- Desemprego no 3º trimestre 2008 - 13.400 / 3º trimestre 2009 - 23.000 / variação - +71,6%
- IEFP (IEFP)- Desemprego em Outubro 2008 - 19.176 / Desemprego em Outubro 2009 - 20.238 / variação - + 81.5%
- Segurança Social (SS) - Beneficiários com Prestações de Desemprego em Outubro 09 - 15.353 (Inclui dados de Subsídio de Desemprego, Subsídio Social de Desemprego Inicial, Subsídio Social de Desemprego Subsequente, Prolongamento de Subsídio Social de Desemprego)
- Segurança Social (SS)- Valor médio do Subsídio de Desemprego em Outubro 09 - 517,62€


4.885 indivíduos estavam desempregados no final de Outubro sem receberem qualquer apoio em termos de prestações de desemprego. São 24% dos desempregados.


- Beneficiários do rendimento social de inserção (SS)- Outubro 08 - 10.734 / Outubro 09 - 13.743


Estamos à espera do quê?

sábado, 28 de Novembro de 2009

Requalificação da EN 125 e obra da Variante a Faro

"Considerando que o Tribunal de Contas recusou a atribuição de visto prévio ao Contrato de Concessão do Algarve Litoral (que abrange a EN125 e a Variante Norte) e que, após reuniões com as Estradas de Portugal e com o Consórcio ao qual a obra foi adjudicada, o projecto ainda carecia de conclusão, fruto de imperativos de natureza administrativa e acertos finais no traçado, o Presidente da Câmara Municipal de Faro, Eng. Macário Correia, solicitou, com carácter de urgência, o agendamento de uma reunião com o Ministro das Obras Públicas, Prof. Doutor António Mendonça, para se debruçarem sobre as soluções possíveis para desbloquear a concretização deste projecto de importância maiúscula para Faro e para o Algarve. " - no site da CM Faro.


Faro espera por esta obra há anos. Nem sei há quantos anos temos a ligação entre a estrada do aeroporto e a estrada de S. Brás... faltando fazer o resto! Agora que finalmente ia arrancar(?) a obra criaram uma trapalhada jurídica que só vai prejudicar os Farenses. Mais uma trapalhada a juntar às das auto-estradas que o mesmo Tribunal de Contas chumbou. 
O mais estranho é que parece tudo normal... E vá lá que o Presidente do Tribunal de Contas é do PS, se não era mais um caso de "espionagem política"!
Já agora relembrem o cartaz das autárquicas...

quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

FARO: Obras da Variante Norte já podiam estar no terreno

Esta notícia é candidata a piada do ano. Vejamos.

"A obra foi consignada ao consórcio EDIFER/ Tecnovia/Conduril em Setembro. Vereadores PS propuseram ao Município que “solicite formalmente às Estradas de Portugal esclarecimentos” do atraso.
Segundo a oposição socialista no executivo de Faro “por intervenção directa da autarquia foi possível desenvolver no período entre 2006 e 2008 todos os procedimentos de avaliação de impacte ambiental e garantir o lançamento do concurso por parte das Estradas de Portugal”.
Após estes procedimentos “ainda no primeiro semestre de 2009, foi adjudicada a obra de requalificação da Estrada Nacional 125 e consignada, já no inicio de Setembro do mesmo ano ao consórcio EDIFER/Tecnovia/Conduril”.
José Apolinário, que conduziu este processo enquanto presidente da câmara, cargo que perderia para o social-democrata Macário Correia, pretende agora que “a autarquia solicite informações formais junto da Estradas de Portugal pela seu não avanço, se foram ou vão ser aplicadas multas ao consórcio e se, de algum modo, o prosseguimento das obras aguarda o pronunciamento do Tribunal de Contas”.
O agora vereador socialista na oposição relembra, em comunicado, “a importância desta obra para Faro e para o Algarve e o facto da mesma estar adjudicada no âmbito da requalificação da Estrada Nacional 125 e já consignada”.
Considerando a importância da obra em si, mas igualmente o impacto que teria “na diminuição do desemprego”, os socialistas querem que a autarquia faça ‘pressão’ para que o processo avance.
"

Durante a campanha autárquica José Apolinário lançou a obra com José Sócrates no dia 28.08.2009 (ver http://www.regiao-sul.pt/noticia.php?refnoticia=97428 de 30.08.2009).

O que parece significar que foi lançada (28 de Agosto) sem ter sido consignada (Setembro).


Ficámos a saber que as Estradas de Portugal agiram "por intervenção directa da autarquia". Sem o apoio da CM Faro o que seria das Estradas de Portugal... Deve ter sido cá um apoio!


Ou seja, Apolinário esteve no lançamento da obra com José Sócrates, interagiu com as Estradas de Portugal para que o processo avançasse  e agora quer saber como está o processo!!!


Será que José Apolinário não tem o telefone do José Sócrates e do Almerindo Marques (presidente das EP) com quem tanto negociou? Nem o e-mail? Ou só quer protagonismo!


No tal lançamento da obra, José Sócrates disse: “Quantas mais vidas se deviam perder para que finalmente o Estado acordasse? Queriam que fizéssemos como nos últimos 20 anos com intervenções aqui e ali, acham que isso é solução?”


A preocupação com as vidas era só no dia do lançamento da obra? Está quase a fazer 3 meses desde o lançamento da obra... Ou será que a obra foi lançada sem estar pronta, apenas para contribuir para a campanha eleitoral de Faro? Ou terá problemas com o Tribunal de Contas como as que têm sido notícia?


Vamos esperar... a verdade costuma vir ao de cima...

terça-feira, 24 de Novembro de 2009

De volta!!!

Blog abandonado no dia 27 de Setembro de 2007, volta agora à actividade. Tinha começado a 7 de Julho de 2003, já lá vão mais de 6 anos...

Hoje em dia é fácil uma pessoa perder-se dada as múltiplas actividades que em que está envolvido: a família, o trabalho, os amigos e os hobbies.
No turbilhão dos hobbies o alcagoita foi à vida... volta agora.
Logo se vê em que moldes!
JNN

quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Santana Lopes vs. Mourinho

Santana Lopes abandonou ontem um debate na SIC Noticias por ter sido interrompido por um directo sobre a chegada de Mourinho ao Aeroporto de Lisboa.

A reacção telavez tenha sido exagerada, mas pode ser que tenha um efeito de lançar a discussão sobre a realidade do nosso jornalismo televisivo.

Lembro-me de telejornais na RTP1 em que a duração era de 30 minutos. A informação essencial era dada e o desporto só chegava lá pelas 20.25h.

Hoje temos telejornais de 90 minutos, onde 2/3 são constituídos por informação tipo "encher chouriços", directos que nada acrescentam, informações irrelevantes, sensacionalismo bacoco e comentadores da treta.

E o poder dos media já é tão grande que quem quiser ser notícia a sério, tem que fazer uma declaração logo a seguir Às 20h! Caso o faça pelas 19h, terá direito a uma peça de 2 minutos... assim, enquanto não disser o fundamental da sua mensagem, terá o seu tempo de antena... que poderá demorar longos minutos.

José Mourinho deu uma entrevista na semana passada perto das 19h a vários órgãos de informação e como não tiveram tempo de montar a peça, a SIC transmitiu a entrevista na integra das 20h às 20.25h!!!

A submissão de todos às directrizes dos mass-media é impressionante e inquitante.

Os órgãos de informação é que lideram a agenda política em Portugal. E ninguém se opõe.

Criam heróis e destroem-nos com a mesma facilidade.

Por tudo isto, pode ser que a atitude de Pedro Santana Lopes ponha o País a reflectir.
Infelizmente, penso que se vão centrar na episódio em si, nos seus antecedentes mediáticos, que ele pretende é protagonismo, etc.

É o País que temos...

sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Socolari...

O homem passou-se.
Já pediu desculpa.
Vai ser punido pelo que fez.
Para quê iniciar mais uma novela?
Como o assunto Maddie já cansava, agora vamos ter o Socolari uma série de dias...

Estacionamento selvagem

Depois do Dr. António Costa ter acabado com o estacionamento selvagem em Lisboa (em dupla fila e nos passeios) está na altura de se fazer o mesmo no Algarve.
Já se viu que pelo civismo de cada um não se vai lá.
Terão que ser as autoridades policiais a multar, rebocar e bloquear as viaturas dos infractores.
Podem começar por Faro...

quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

As eleições no PSD

Marques Mendes já teve tempo para demonstrar a sua capacidade. Não o conseguiu. A imagem não seduz, o discurso não passa, as ideias não ficam.
Luis Filipe Menezes é uma aposta com algum risco. Mas no marasmo em que as coisas se encontram, é a única hipótese de agitar as águas e sonhar com uma vitória em 2009.

Incentivos fiscais ao interior

Fiquei estarrecido com a possibilidades dos Concelhos do Interior Algarvio não terem acesso a estes incentivos fiscais, segundo declarações que ouvi ontem do Eng. Macário Correia.
Felizmente hoje já li que os Concelhos Algarvios também estão contemplados.
Outra coisa não seria de esperar...

De volta às bloguices...

O vício do blog vai e vem...
Agora voltou...

quarta-feira, 16 de Agosto de 2006

Eu e o Mutibanco

Porque haverá pessoas que quando vão ao Multibanco:
1 - pedem o extracto com o saldo;
2 - pedem o extracto com os últimos movimentos;
3 - levantam dinheiro;
4 - voltam a pedir o extracto com os últimos movimentos!!!

quinta-feira, 10 de Agosto de 2006

Arranjos exteriores no Mercado em Faro

O Dr. José Apolinário mal foi eleito referiu logo que o problema do Mercado seria resolvido.
Primeiro ouvi dizer que iria abrir em Abril, depois já era no dia da cidade (7 de Setembro), mas parece que ainda vão fazer obras à volta do mercado até finais de Setembro.

Quem passa perto do mercado vê uma actividade reduzida. A não ser que estejam lá dentro e muito caladinhos...

Pode ser que seja para o Natal...

terça-feira, 8 de Agosto de 2006

Programa Turismo Solidário

Despacho nº. 12 788/2006 (2ª. série), de 20 de Junho

O Governo vai gastar 1.170.171€, através do INATEL, para que os desempregados e os beneficiários do RSI tenham férias subsidiadas este ano na rede do INATEL.

Nem sou capaz de fazer comentários...

domingo, 6 de Agosto de 2006

Festa da Ria Formosa

Mais uma vez fui à festa da Ria Formosa, em Faro.
Mais uma vez jurei que será a última.
Se calhar, para o ano lá estarei...

A comida é cara e nada de especial.
Comi feijoada de marisco com feijão crú.
As papas de milho teinham pouco sabor.
A salada de polvo tinha falta de ...polvo!!!

Todos os anos é igual.
Fazem uns panelões de comida que vendem, em média a 5 euros, o prato (prato de plástico, quase do tamanho de um pires grande...).
Logo a qualidade é reduzida.
É a industrialização do marisco...
Se for a um restaurante pago 10 ou 13 euros por uma dose de feijoada ou papas, mas a dose é muito maior e muito mais apaladada...

O melhor é mesmo comer marisco em estado puro, tipo camarão, amêijoas, ostras, pois nestes a intervenção humana é mínima e rápida...

Para não falar da enorme confusão, do facto de 2 brasileiros espertos nos terem ocupado a mesa enquanto fomos buscar comida (apesar de ter ficado guardada pela minha irmã, a quem não ligaram nenhuma), enfim, neste tipo de eventos estas coisas são normais.

A comida é que podia ser melhor...

quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

Festival do Marisco

Olhão vai acolher mais um Festival do Marisco, de 10 a 15 de Agosto.

Há artistas para todos os gostos:
10 de Agosto-D`ZRT
11 de Agosto-Tony Carreira
12 de Agosto-Village People
13 de Agosto-Katia Guerreiro
14 de Agosto-Rui Veloso
15 de Agosto-Daniela Mercury

Infelizmente este é mais um dos muitos eventos para turistas.
Um Festival do Marisco deveria ser um evento para divulgar e promover o marisco, as suas várias aplicações, receitas inovadoras, etc.
Mas, acaba por ser um evento de luxo e bastante caro. Quem deve ganhar são as empresas que exploram os diversos espaços.

Para não falar na confusão para estacionar, no facto de o recinto encher e ser uma aventura uma pessoa levantar-se, ir comprar qualquer coisa e voltar, enfim, uma confusão.

Continuo a preferir comprar marisco numa das muitas casas especilizadas que existem em Olhão (se bem que nestes dias o marisco costuma andar escasso...), cozinhá-lo e comê-lo em casa.

A primeira jornada do campeonato... e o caso "Mateus"

Ontem de manhã os presidentes do Gil Vicente e do Belenenses diziam que ambos iam jogar a primeira jornada com o Benfica... Talvez o mais fácil fossem jogar os dois e deixavam o Benfica a assistir...

Mais tarde soube-se que "A Comissão disciplinar (CD) da Liga decidiu hoje a favor do Belenenses o denominado "caso Mateus", que opõe a equipa do Restelo ao Gil Vicente.", segundo o jornal Record.

Mas, o Gil Vicente ainda vai recorrer. E, caso não ganhe o recurso, ameaça ir para os tribunais nacionais e para os Europeus. E nunca mais acaba...

Em Itália em 2 ou 3 semanas fizeram descer clubes históricos do futebol Italiano e ninguém piou. Aqui, por causa de um jogador, andamos há meses com uma novela ridícula, com acusações graves a juizes, enfim, uma autêntica Repíblica das Bananas!

E o campeonato principal está quase a começar e não se sabe quais as equipas que nele participarão!

Que tal pedir uma ajuda a itália?

terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Consumo público de água

Na sexta-feira passada e ontem, ao passar por dois jardins públicos em Faro, vi jardineiros a regar. Tudo bem, regar as flores, plantas e arvores é necessários... Mas, regar pelas 13h serve para quê, senão para desperdiçar água?

As entidades públicas aconselham o povão a regar à noite e eles regam na força do calor!!!

Nem é preciso dizer mais nada, né?