quinta-feira, 20 de outubro de 2005

Presidenciais

O Prof. Cavaco Silva veio confirmar a candidatura que todos já esperavam.
Falou pouco e falou bem. Preocupado com o País, oferencendo-se para ajudar a combater este clima pessimista e decidido a contribuir para o desenvolvimento do País.

Os 4 candidatos de esquerda candidatam-se para que o Prof. Cavaco Silva perca. Para que não passeie sozinho na Av. da Liberdade.

Será preciso dizer mais alguma coisa?

Autarquicas em Faro

Durante a campanha autarquica não escrevi nada no blogue.
Entendi, enquanto membro da Comissão Política Concelhia (CPS) do PSD Faro, que não deveria interferir no processo, uma vez que a CPS não apoiava o Dr. José Vitorino.

Provou-se agora que a razão estava do nosso lado. Sempre que o PSD se dividiu (Oeiras, Gondomar e Faro), embora por motivos diferentes, o partido perdeu.

Provou-se que o Dr. Marques Mendes não soube lidar com o processo, oferencendo tudo o que o Dr. José Vitorino quis, desprezando as estruturas legítimas do seu partido. Agora quem vai ser oposição é a CPS, pois o Dr. Marques Mendes mantêm-se no seu gabinete da capital. Nós é que vamos gramar a pastilha criada pelo Dr. Marques Mendes. O mínimo que deveria fazer era vir a Faro e pedir desculpa aos militantes de Faro.

O Dr. José Vitorno fez o que lhe competia, esticando a corda ao máximo. Conseguiu o que se veio a provar ser uma vitória de Pirro. Escolheu todos os candidatos, definiu toda a estratégia, pediu até que os elementos da CPS não participassem na campanha. Infelizmente não soube aceitar a derrota e retirar-se para que se possa desenvolver um trabalho de oposição credível. Mantendo-se como vereador e não acatando as indicações da CPS como já referiu, a oposição ao PS será mais fraca. Mas, esta derrota veio comprovar que não existem homens providenciais. Afinal ele também é humano, igual ao comum dos mortais.

A derrota em Faro tem assim dois grandes derrotados: o Dr. Marques Mendes e o Dr. José Vitorino. E uma entidade que vai ter que gramar com a derrota para a qual não contribuiu: a Comissão Política Concelhia do PSD Faro.

Agora resta-nos 4 anos de trabalho duro de oposição e tentar que nas próximas eleições todo o partido esteja junto, rumando todos para o mesmo lado.

segunda-feira, 5 de setembro de 2005

Soares....

O Eng. Sócrates disse uma coisa que me espantou: que Soares era o único capaz de unir os Portugueses.

Algumas questões se levantam:
1-Os portugueses estão divididos?
2-Se Soares os uniu entre 1986 e 1996 quem os dividiu depois? Sampaio? Guterres?
3-Qual a estratégia de Soares para nos unir a todos, irmãos divididos?

Tudo bem que não pode dizer que a única pessoa que arranjou com hipóteses de ganhar tem 81 anos, mas esta conversita deve estar uns 20 anos desactualizada...

segunda-feira, 25 de julho de 2005

Informação de última hora

O PS tentou convidar D. Afonso Henriques para candidato presidencial.
Uma vez que este se mostrou indisponivel, optaram pelo Soares!

sexta-feira, 22 de julho de 2005

Trapalhadas

Porque será que quando uns fazem coisas erradas são trapalhadas e quando são outros a fazerem são lapsos perfeitamente normais?

Por exemplo: "Teixeira dos Santos não entrega declaração de rendimentos desde 2000, diz Renascença"
Isto é um lapso ou uma trapalhada?

Outro exemplo: Um Ministro demite-se após 4 meses de Governo devido a "Motivos pessoais, familiares e cansaço".
Todos dizem que foi por estar contra o novo Plano de Insvestimentos do Governo, em especial o TGV e o Aeroporto da Ota. No passado Sábado fez um artigo em que punha em causa investimento público sem qualidade, podendo-se ler nas entrelinhas uma crítica ao Plano de Investimentos do Governo.
Isto é um lapso ou uma trapalhada?

Mais um: Prometer não aumentar impostos e depois aumentar tudo o que é imposto.
Isto é um lapso ou uma trapalhada?

Eis as definições:
Lapso: erro, engano involuntário
Trapalhada: confusão;

A ver se os lapsos e as trapalhadas não são sempre para os mesmos...

quinta-feira, 7 de julho de 2005

Luís Filipe Vieira na festa da Casa do Benfica de Faro

Jantar comemora 11.º aniversário

O presidente do Sport Lisboa e Benfica vai estar em Faro, no próximo dia 16 de Julho, para participar no jantar do 11.º aniversário da Casa do Benfica de Faro.

Os benfiquistas da capital algarvia vão promover uma Festa dos Campeões, homenageando a equipa campeã nacional em 2004/2005. Na iniciativa, marcada para as 20:00 horas, deverão estar também presentes velhas glórias do Benfica.

A presença no jantar custará 15 euros aos eventuais interessados, que poderão comprar bilhetes na Casa do Benfica de Faro(289-872247).

domingo, 3 de julho de 2005

Fui à FNAC Albufeira!

Finalmente lá fui.
Esperava que fosse um pouco maior, mas o espeço reservado para a FNAC tem um espaço algo reduzido. Penso que a secção de livros é algo inferior às outras FNAC's (Colombo, Chiado, etc), o bar/sala de apresentações de CD's, livros, etc é algo acanhada, mas o balanço é francamente positivo. O Algarve já merecia uma infraestrutura deste tipo.

Infelizmente fica em Albufeira, que não tem massa crítica para um projecto destes. Oxalá me engane.

Faro seria a opção ideal, mas algumas histórias que ficaram por contar, ainda irão revelar o porquê de não ter aberto na capital. O Fórum Algarve (Faro) tinha o espaço necessário disponível, porque não foi para lá porquê??? Quem souber que responda!!!

quarta-feira, 29 de junho de 2005

Fugas nas redes das autarquias chegam aos 45%

Mais uma notícia sobre este assunto que, confesso, me faz muita confusão.

Há muitos municípios com perdas acima dos 40 a 45% ", confirmou ao Observatório do Algarve Campos Correia

Primeiro, este assunto só veio à baila porque há falta de água. Se não faltasse água, ninguém se preocupava com perdas de 40 a 45%!!!!

Segundo, parece lógico que as Câmaras não têm investido nas redes de abastecimento.. certamente porque estando debaixo de terra dão poucos votos!!!!

Terceiro, se já vamos no QCA III ainda não houve verbas para este assunto???

Para já vão fazer pequenas reparações, que poderão dominuir as perdas em 10%.

Pedem-nos para poupar água, mas à nossa torneira já só chegam 55 a 60% da água que saiu da barragem ou do furo...

O que significa que a água poderia ser, pelo menos, 25% mais barata... (parece que uma perda de 17% é aceitável... é o caso de Portimão).

Obras devidamente estruturadas que nos façam ter uma gestão eficiente da água, já!

Também no vialgarve

segunda-feira, 27 de junho de 2005

Seca: Algarve quer diminuir desperdício de água

O desperdício de água em terras algarvias está acima dos trinta milhões de metros cúbicos por ano, o que representa cerca de 30 a 40 % do consumo.

O presidente da Junta Metropolitana do Algarve, Macário Correia, diz que a situação não pode continuar: "Não podemos perder a água ingloriamente, sem ser facturada, sem passar pelos contadores, entrando em rupturas diversas, quebras de canalizações. Isso é que se tem que evitar e é o que temos estado a fazer".


Já não era sem tempo... Andamos todos a pagar estes 30 ou 40% desperdicaçados... Com tantos apoios comunitários, só em 2005 é que se lembram que existe esta monstruosidade de despedício? Se não houvesse seca, se calhar nem era notícia...

Também no vialgarve

Governo pode ter de alterar números do Rectificativo

O Governo pode ter de alterar alguns dados incluídos na proposta de Orçamento Rectificativo para 2005, entregue sexta-feira na Assembleia da República. A notícia é avançada pelo jornal «Diário Económico» que diz que «as contas não batem certo». Para o PSD, tudo não passa de uma trapalhada.


Quem com ferros mata, com ferros morre...


Também no vialgarve

sábado, 25 de junho de 2005

IVA a 21% - a opção Espanha...

Já ouço pessoal a dizer que vai a Espanha fazer compras (algumas de supermercado, roupa, sapatos, etc)... com IVA a 15% (diferença de 6%), vale a pena...
E ainda se pode atestar o depósito e poupar mais uma mão cheia de Euros... pois também aí se poupa no IVA...

Também no vialgarve

quinta-feira, 23 de junho de 2005

Quem é responsável pelo Orçamento 2005?

O Orçamento 2002 foi herdado após as eleições de 17 de Março de 2002. O Governo então eleito teve que se haver com um orçamento que não era dele e foi obrigado a desenrascar-se para conseguir alcançar o melhor resultado possível.
A responsabilidade do défice do orçamento 2002 foi do Governo PSD/PP.

O Orçamento 2005 foi herdado após as eleições de 20 de Fevereiro de 2005. O Governo então eleito apressou-se a dizer que o orçamento não era dele, mandou o Governador do Banco de Portugal simular o défice caso existisse um Governo congelado (leia-se que não fizesse nada até ao final do ano) e já foi dizer a bruxelas que este ano e nos próximos o défice vai ser uma desgraça.
A responsabilidade do défice do orçamento 2005 vai ser do Governo PSD/PP.

Refira-se que o Governo eleito em 2005 começou a governar mais cedo do que o eleito em 2002 (Março contra Abril).

Engraçado, não é?

Também no vialgarve

quarta-feira, 22 de junho de 2005

Frases importantes para reflexão

Existe um povo no ocidente da Peninsula Ibérica que não se governa, nem se deixa governar.


Como pode correr bem a vida de um País que começou com um filho a bater numa mãe?

Referendo Europeu

O Prof. Cavaco cede percebeu que de nada valia fazer um referendo sobre o Tratado Europeu em Portugal, quando os Franceses e os Holandeses já tinham dito não.
O Eng. Sócrates respondeu que os Portugueses também tinham o direito de se pronunciarem sobre o tratado.

Dias passados, parece que os Portugueses não vão ter para já o direito de se pronunciarem...

Durão Barroso referiu o efeito contaminação do "Não" Francês e Holandês como motivo para suspender todos os referendos e demais votações em toda a Europa.
É contaminação porque é do "Não". Se fosse do "Sim" seria o espírito Europeu a brotar por essa Europa fora.

O que me irrita nestas cenas da Europa é que todo o "aparelho" nos manda votar "Sim". O PR, o PM, PS, PSD, CDS/PP, etc. O que eles pensam é isto: "Vamos lá fazer um referendo sobre a Europa. Bom, como vocês se estão borrifando para o referendo, vai ser junto às autarquicas, senão vocês não vão às urnas! E se fazemos referendo é para ganhar o "Sim""

Lembro-me de quando a Dinamarca votou "Não" num qualquer tratado anterior (penso ue Maastricht). A opção foi voltar a fazer outro referendo para que pudessem dizer "Sim". E lá disseram a muito custo...

Agora já se fala em novos referendos em França e na Holanda para ver se fazem a malta dizer "Sim".
Porque não repetir o de Espanha para ver se agora dizem "Não"?

Ainda bem que não há referendo em Outubro. Deverá ser sozinho, sem mais eleição nenhuma, para que se veja o que realmente os Portugueses pensam da Europa. Começando pela abtenção muito haverá para dizer...

Não é que seja fanático do "Não", mas irrita-me solenemente quando numa contenda democrática uma das opções é mal vista, parecendo até que fica mal perfilhá-la...

terça-feira, 21 de junho de 2005

Encontro dos blogs algarvios

Dia 30 de Julho. Vão ao site e inscrevam-se...
E levem um amigo também...

sexta-feira, 17 de junho de 2005

Farense fica na 3ª divisão

Grande Farense....


Farense permanece na III Divisão

Decisão tomada ontem

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu castigar o Beira-Mar com a pena de derrota por 3-0 frente ao Lusitano de Évora. Deste modo, o Beira-Mar vê-se ultrapassado pelo Farense no último lugar de descida aos Distritais, sendo que o clube de Faro garante a permanência na Série F da III Divisão Nacional.

quinta-feira, 16 de junho de 2005

Afinal há vários blogs na AR

Causa dos Comuns - pertence à malta do PS (Guilherme, Lello, Teresa Venda, etc)

Blog Lello - Não preciso dizer mais nada, né?

Casa da Partilha - da Teresa Venda

Cidadania - do Vitalino Canas. Este blogue está em branco. Será para imitar o livro (branco)?

E os outros partidos não blogam????

Vamos lá trabalhar Guilherme!!!

Através de um link cheguei ao blog da Assembleia da República, onde reparei que 90% dos posts são feitos pelo deputado e ex-ministro Guilherme D'Oliveira Martins. Outro que também faz uns posts é o José Lello (que devia aprender que devia aprender que não se escreve com letra tamanho gigante). E por fim temos um posto da deputada Teresa Venda, também do PS.

Porque será que só os deputados do PS é que blogam?

Algumas hipóteses:
- são demais e não há trabalho para todos
- os outros não sabem mexer no computador
- o José Magalhães é que controla o blog e deixa lá apenas os posts que quer

Aceitam-se sugestões...

quarta-feira, 15 de junho de 2005

Clix, pá, quando trazes o ADSL até Faro (zona clix)???

Penso que é o melhor produto no mercado... infelizmente na minha zona de Faro ainda nada (zona clix)... sortudo do meu amigo Nuno Silva que já mora numa zona clix em Portimão..

Desde quando as coisas chegam primeiro a Portimão?!!! ;-)

quarta-feira, 8 de junho de 2005

Grande mudança estratégica na área da saúde!

Decreto-Lei n.º 93/2005. DR 109 SÉRIE I-A de 2005-06-07
Ministério da Saúde
Transforma os hospitais sociedades anónimas em entidades públicas empresariais

Ou seja, deixam de ser sociedades anónimas detidas a 100% pelo Estado e passam a ser empresas públicas!

Este tipo de mudanças são apenas espectáculo mediático.
Que mudanças vai provocar???

POOC Vilamoura-Vila Real de Santo António

Concordo com os princípios que estão por detrás do POOC.

Considero que a nossa costa é preciosa e foi desbaratada, estragada, sugada, prostituída, ratada, massacrada e outras coisas semelhantes.

Chegou a hora de dizer basta.
Desconheço se o POOC tem grandes contradições ou se está feito para proteger/atacar alguns interesses. Não faço ideia se é um documento com qualidade técnica.

Sei que não podemos ter mais empreendimentos turísticos dentro do mar, em cima de dunas e outras coisas semelhantes. O que já temos é demais.

Se desbaratarmos a costa toda, as próximas gerações vão ter o quê?
Invistam no interior, reabilitem o que de horrível existe no litoral e já teremos um algarve muito mais agradável!

terça-feira, 7 de junho de 2005

Políticos com bons ordenados

Continuo a defender que os políticos devem ser bem pagos, de forma a que os melhores do País possam vir gerir a coisa pública.

Mas, políticos bem pagos tem a ver com o ordenado que se leva no final do mês em troca de trabalho realizado.

Não tem a ver com reformas indignas que se somam umas às outras e que duram o resto da vida.

São duas coisas diferentes e que não devem ser confundidas!

segunda-feira, 6 de junho de 2005

Às voltas com o défice

Há um ano havia vida para além do orçamento. Agora toda a nossa vida gira em roda do défice...

As reformas que o Governo está a levar a cabo são corajosas. Houve algum teatro a mais, alguma demagogia, mas globalmente o saldo é positivo. Mas pode deixar de o ser.

Diminuir a despesa cortando nas regalias dos funcionários públicos e aumentar a receita subindo tudo o que é imposto é fácil. Demasiado fácil. Implica coragem política, mas é como limpar o rabo a bebés.

Onde se vai ver se o saldo é positivo é na mudança de vida que o Estado tem que ter. E também as Autarquias e Governos Regionais. Tudo o que é Estado, central ou não, tem que definir a sua missão principal e centrar-se nela. O que for acessório deverá ser passado a outros (leia-se privados). E tem que analisar, Ministério a Ministério, o que está em excesso, o que está duplicado, o que está desadequado e cortar, reduzir, extinguir, redimensionar. Esta é que é a parte difícil e meritória. É por esta que eu espero para ver...

domingo, 5 de junho de 2005

"Há vida para lá do orçamento"

Nunca mais ouvi o Presidente da República repetir esta frase.

Devo andar desatento...

sábado, 4 de junho de 2005

Gabinete de Apoio à Senhora Dona Maria José Ritta

Quem paga o consultor e as duas adjuntas?
Qual o cargo que esta senhora desempenha?
Foi eleita para que órgão?

Só sei quem paga... os do costume...


Gabinete de Apoio à Senhora Dona Maria José Ritta
Consultor:

- Dr. José Luís Monteiro Pereira Seixas

Adjuntas:

- Dra. Isabel Maria Campiso Rocha
- Dra. Maria Luísa Nogueira dos Santos Cunha

sexta-feira, 3 de junho de 2005

O artigo de uma vida...

A Magia de ser Pai

Este artigo vai ser completamente diferente. Vai ser único e irrepetível. Tem como tema um acontecimento mágico que vivi há poucos dias pela primeira vez: ser Pai!

As sensações misturam-se de forma frenética. O orgulho e a vaidade de mãos dadas com a ansiedade, o medo e o desconhecido. A sorte junta-se ao azar. Tempo de muitas dúvidas e poucas certezas. Estará tudo bem? Porque chora? Estará a respirar?

Primeiro a necessidade de habituação aquele novo ser. Não o conhecia pessoalmente, apesar de termos tido longos monólogos através da barriga da mãe. Aquele era o meu filho! Nem lhe peguei. Apenas lhe toquei nas mãozinhas ainda roxas. Fiquei especado a observar. Tirei a foto da praxe. E permaneci ali à espera que o cérebro me desse qualquer indicação sobre o que deveria fazer a seguir. E continuei ali…

Depois fiz uma tentativa frustrada para lhe reconhecer feições de algum familiar, designadamente as minhas! Fica-se a olhar e a questionar como é possível um tal milagre, como é possível nascer um homem todo perfeito e em ponto pequeno.

A primeira noite é terrível. No momento em que acabámos de ganhar um "brinquedo novo" mandam-nos para casa sozinhos, sem filho e sem mulher! Penso que é nessa primeira noite de pouco sono que começamos a assentar ideias. Que agora somos três. Que o quarto carinhosamente preparado e quem tem estado vago, vai ter finalmente um dono. Que está aí um novo indivíduo que vai revolucionar a nossa vida, tornando-se o centro de tudo. Que queremos que seja feliz, tenha saúde e uma vida cheia de coisas boas. Cheia de sonhos concretizados. De feitos notáveis.

Quando chega a casa é uma festa. O primeiro banho. O primeiro biberão. A primeira fralda. Depois a mãe começa a querer ensinar-nos…. E recomeça tudo, só que desta vez na primeira pessoa do singular…. O primeiro biberão que dei. A primeira fralda que mudei. O primeiro banh, ops, banho ainda não…. não se pode ter tudo!

Mais tarde começamos a pensar na educação. No nosso papel para tornar aqueles 3 kgs de gente num cidadão responsável. A escolha do infantário começou quase 6 meses… antes de nascer. As opções em Faro são… escolher aquele onde conseguirmos entrar! E depois? Ensino público ou privado? Mais o ATL. Não quero para o meu filho uma educação "fast-food". Quero uma educação que tenha valores, exigência e esforço. Dar-lhe todas as ferramentas para que seja bem sucedido, o que é diferente de lhe dar tudo o que quiser. A concepção teórica não é muito difícil. É na prática que está a dificuldade, num jogo que se joga minuto a minuto durante anos e anos. Vou ser capaz. Tenho de ser capaz!

Obrigado por tudo Alexandre!

Publicado no Jornal do Algarve em 05.05.2005

segunda-feira, 23 de maio de 2005

Campeões... finalmente!!!

Onze anos depois voltámos a ser os melhores. Campeões, campeões, campeões!!!
Após estes anos todos de espera, tinha que ser no ano em que o meu filho nasceu que voltámos a ser campeões!

Ontem foi sofrer até mais não. O golo do Simão, depois o golo do Boavista que deixou tudo igual. O golo do FCP criou algum receio, mas o golo fatal da Académica levou ao rubro 6 milhões de corações. A euforia envolveu todo o País.

Só uma pequena nota: porque razão o Eng. Sócrates não decretou o dia de hoje feriado nacional???

domingo, 22 de maio de 2005

SLB campeão...

Há onze anos que espero por este momento.
O meu filhote com apenas um mês e meio, já sócio do SLB, vai logo ser campeão...

Hoje tem que ser. A nação benfiquista vai entrar em festa. Segunda-feira é feriado nacional!!!

Se não for, tou fodido!

O Referendo Europeu...

Não concordo nada com o referendo europeu em conjunto com as autarquicas! É uma forma, única e exclusivamente, de ter um referendo válido, pois sabem que se fosse o referendo sozinho iam votar 30 ou 40% dos eleitores.

Então vamos ter uma campanha autarquica e um referendo sobre o Tratado Constituciinal Europeu ao mesmo tempo. Vai ser uma baralhação tão grande que as pessoas ainda vão ficar mais confusas.

Vejam só esta cena, deveras prevesível. Num dia de manhã o Eng. Sócrates está ao lado do Sr. Jerónimo a fazer campanha pelo Dr. Carrilho. À mesma hora, o Dr. Marques Mendes faz campanha pelo Eng. Carmona Rodrigues. Da parte da tarde, o Sr. Jerónimo junta-se ao Dr. Louçã para falarem contra o novo Tratado e o Eng. Sócrates junta-se ao Dr. Marques Mendes para apoiar o novo Tratado.

Que confusão!!!

Considero toda esta situação uma forma falaciosa de pôr as pessoas a votarem numa coisa que não lhes interessa, apesar de importante, pois de outra forma não iriam votar, de modo a que Portugal dê o seu apoio ao Tratado. Já viram a barraca que não era se não houvesse os 50% de participantes, mesmo sendo em conjunto com as autarquicas?

terça-feira, 10 de maio de 2005

Faro, Capital Nacional da Cultura 2005

Hoje, dia 10 de Maio, o sítio na internet deste importante evento continua com a programação do dia 30 de Abril.

Será preciso dizer mais alguma coisa?

quarta-feira, 4 de maio de 2005

Algarve sem Hospital Central - O Historial

22.11.2003, Correio da Manhã:O presidente da Federação do PS Algarve afirmou que “esta é uma oportunidade perdida, decepcionante mesmo para uma obra de referência que precisava de outra visão e ambição”, referiu Miguel Freitas, que está preocupado com o futuro do Parque das Cidades: “Recusamos a actual gestão aos solavancos e a falta de decisão quanto ao arranque do Pavilhão Multiusos e do Hospital Central, numa obra executada de forma exemplar, planeada por dois autarcas
socialistas e concluída por dois autarcas do PSD.


27.11.2003, José Apolinário no Jornal do Algarve: "A unidade de saúde, o Hospital Central, pode e deve acelerar nos prazos"

21.01.2005, José Socrates, Região-Sul: O líder do PS, José Sócrates, desmentiu ontem à noite em Portimão a afirmação do ex-ministro da Saúde Correia de Campos. Em declarações exclusivas ao Região Sul/DiáriOnline Algarve, Sócrates explicou que Correia de Campos, que integra a equipa socialista que prepara o programa de Governo do PS no sector da saúde, terá cometido um erro ao afirmar que o futuro Hospital Central do Algarve não é uma prioridade. Segundo José Socrates, o próprio Correia de Campos esclarecerá brevemente essa declaração.

21.01.2005, João Cravinho, Região-Sul: O novo posicionamento político do PS face àquela matéria foi atestado por João Cravinho, cabeça de lista do PS por Faro, que durante o jantar realizado ontem pelo PS/Portimão explicou que o Hospital Central de Faro é uma “necessidade”, “uma infra-estrutura absolutamente essencial para garantir níveis de saúde para os algarvios e para todos os que visitam o Algarve, sejam nacionais ou estrangeiros”. Esta “infra-estrutura que qualificará todo o Algarve” enfrenta, de acordo com Cravinho, “problemas de financiamento” que estão a ser estudados pelo PS mas que não inviabilizam o projecto. No entanto, conforme adiantou, “as soluções para o financiamento não passam necessariamente pelas parcerias público-privadas”.

25.01.2005, Correia de Campos, Jornal de Negócios:
P-Admite portanto que depois avaliação possa não haver mais nenhuma PPP(Parcerias Público-Privadas), além dos três que já avançaram?
R-Só se a avaliação for altamente negativa. E eu não prevejo isso. Prevejo as três, e Vila Franca de Xira avançar rapidamente.
P-E os outros?
R-Prevejo indiscutivelmente o do Algarve, ou em PPP ou por fundos regionais.

01.02.2005, João Cravinho, Região-Sul: Um dos pontos fortes do Forum passou pelas questões da Saúde e consequentemente pelo Hospital Central do Algarve, uma infra-estrutura que os socialistas classificam como "imprescindível e de grande necessidade" para a região. O cabeça de lista socialista pelo Algarve não adiantou datas para a obra mas assegurou que "se o PS for Governo vai ser possível nesta legislatura lançar e iniciar a obra de construção do tão esperado hospital".

18.03.2005, Miguel Freitas, Obseratório do Algarve: No entanto, enquanto deputado o socialista reafirma todos os compromissos assumidos pelo PS no programa eleitoral que apresentou aos algarvios. "Não vai haver portagens na Via do Infante, vai haver Hospital Central, barragem de Odelouca, navegabilidade nos rios Arade e Guadiana, o alargamento do préescolar a todas as crianças do Algarve, o programa de bibliotecas municipais vai ser retomado e teremos um programa regional de intervenção para o turismo”.

08.04.2005, Correia de Campos, JN: "Na sua opinião, há hospitais de "altissima prioridade", como o de Vila Nova de Gaia e o Central do Algarve, mas a lista "não explica algumas ausências". Uma nova avaliação, no entanto, não deixará para trás os novos hospitais de Braga, Loures, Cascais, Vila Franca de Xira e o Centro de Medicina e Reabilitação de S. Brás de Alportel."

Não é preciso dizer mais nada...

Algarve sem Hospital Central

"O ministro da Saúde vai iniciar os processos para a construção de apenas cinco dos dez novos hospitais anunciados pelo anterior Governo e vai encomendar estudos técnicos para hierarquizar as prioridades nesta área, anunciou hoje a tutela.

No entanto, e em relação às cinco restantes propostas do Governo anterior - Vila Nova de Gaia, Vila do Conde/Póvoa do Varzim, Guarda, Évora e Hospital Central do Algarve -, o Ministério da Saúde alega que "não foi possível encontrar documento técnico escalonando as respectivas prioridades de construção".

O Ministério da Saúde informa ainda que "não se encontrou justificação para a não inclusão na lista [dos novos hospitais a construir] do Hospital de Todos-os-Santos (Oriental de Lisboa) ou de um novo hospital na Margem Sul, frente a Lisboa, ou, eventualmente, de outros" que constituam hipóteses a ter em conta."


É pena.
É pena que seja necessário um "documento técnico escalonando as respectivas prioridades de construção" para evidenciar a necessidade de um Hospital Central no Algarve.
É pena que outros hospitais que não estavam na tal lista dos 10 iniciais já possam vir a ser incluídos, mesmo sem "documento técnico escalonando as respectivas prioridades de construção". Neste caso não há documento a justificar a não inclusão, no caso do Algarve falta o documento para justificar a inclusão...
É pena porque este projecto iria desenvolver o Parque das Cidades e permitir a criação da Faculdade de Medicina.
É pena porque uma região turística com serviços de saúde fracos é pouco apetecível.
É pena que o Sr. Ministro nunca tenha tido que ir a uma urgência hospitalar no Algarve no mês de Agosto.
É pena se o PS Algarve não conseguir explicar ao ministro a necessidade do Hospital.
É pena que na campanha eleitoral o agora Ministro tenha dito que não iria construir o Hospital e depois, sob pressão do PS Algarve, tenha dito que afinal nada estava decidido. Afinal estava.
É pena se os deputados do PS e do PSD pelo circulo do Algarve não se unirem nesta luta, bem como todas as Câmaras Municipais.
Que pena...

Faro Capital da Cultura 2005: parte II

Tendo enviado hoje um e-mail para "Faro Capital da Cultura 2005", recebi a seguinte resposta:

Caro João Neves,

Tem razão. Os dados da programação definitiva estão a ser introduzidos no site, conto que em breve estejam disponíveis.

Obrigado e cumprimentos,

António Rosa Mendes


Fica o exemplo de uma resposta rápida, rapidez que também se pede na futura divulgação dos eventos...

terça-feira, 3 de maio de 2005

O meu novo blog...

A vidinha do meu recente filhote...

Faro Capital da Cultura 2005

Como sabem "Faro Capital da Cultura 2005" começou de forma algo despercebida...
Mais estranho é ir hoje ao site oficial e ter informação de .... 30 de Abril, muito útil sem dúvida nenhuma...

terça-feira, 26 de abril de 2005

Novo Sócio do SLB



O Alexandre está quase a ser sócio do Benfica (só falta o glorioso enviar o cartão). E dorme bem rodeado, para que não tenha pesadelos...

sexta-feira, 8 de abril de 2005

Ser Pai...

O Alexandre nasceu no dia 5 pelas 15.01h. Como foi cesariana tive que esperar. O telemóvel acompanhou-me e joguei ténis de mesa enquanto esperava.
Pouco depois passou por mim embrulhado numa espécie de aluminio e as enfermeiras disseram que o podia ver por alguns segundos. Foram segundos mágicos, momentos para relembrar para o resto da vida. E de pensar que damos por vezes tanta importância a merdices sem valor... quando comparadas com o valor de uma nova vida.

Alguns minutos mais tarde pude ir vê-lo. Estava já vestido, dentro de um berço de ferro do hospital, e debaixo de um aquecedor. As mãos estavam roxas e parecia choramingar.

Pelas 18h saí e quando voltei pelas 19h tinha sido levado para a Unidade de Cuidados Intensivos (UCI). Nem sei o que pensei. O pior. Logo o pior. Tanta felicidade rasgada num só segundo. O que teria o meu bébé, o meu filho? Parece que tinha engolido liquído amniótico quando nasceu (uma vez que foi cesariana) e estava com náuseas devido a isso e então não aceitava alimentar-se. A solução foi dar-lhe soro. Fui vê-lo à incumbadora e estava todo nu (apenas com a fralda),com um tubo enfiado da boca ao estomago para sugar o tal líquido e com várias ventosas no corpo todo para monitorizar o seu comportamento. Viam-se bem as pernas magrinhas e notava-se perfeitamente a sua acelerada respiração (que vim a saber ser normal nos recém-nascidos).

Essa noite foi difícil. Se por um lado parecia ser algo de somenos importância, por outro era um bébé com horas de vida e com fracas defesas. A noite que deveria ser de comemoração foi de angústia, inquietação, medo.

No dia 6 pelas 9h liguei logo para a UCI. Já estava melhor e aguardava que o médico o visse para saber se poderia ir para junto da mãe.

Voltei a ligar pelas 12 h e já estava junto da mãe, logo livre de perigo.

Pelas 14h fui vê-lo e tive que lhe cortar as unhas. Foi difícil... mas reconfortante, pois estava todo arranhado e com as unhas cortadas já não se poderia ferir. Foi a nossa primeira tarefa a dois...

Hoje, dia 7 já lhe peguei ao colo e já o pus a arrotar. Já conversámos.

Uma palavra especial para a mãe Edia, que tem sofrido muitas dores devido à cesariana, mas que se está a revelar uma lutadora e uma boa mãe. Um grande beijinho para ela.

terça-feira, 5 de abril de 2005

Nasceu o Alexandre Neves




As autarquicas

Infelizmente, a nível nacional o que conta são o nº e câmaras de cada partido. Interessa ao PS e ao PSD ter mais uma câmara do que o rival. Pouco interessa se os candidatos governaram bem ou mal, se defendem ou não os ideiais do partido. Interessa contar cabeças. Pouco importa ganhar Concelhos mais ou menos importantes, nas contas finais Lisboa é igual a Alcoutim!

Como está lógica desce do nível nacional para o nível regional, o panorama é idêntico. No Algarve quem ganhar 9 câmaras vence. Nessa noite o partido X venceu. O objectivo foi conseguido.

Assim sendo, o melhor candidato para qualquer partido em qualquer sítio é aquele que representa os valores do partido e tem condições para fazer um bom trabalho em prol da população local.
Pode ser independente. Mas tem que ter como seus os princípios do partido.
Não basta ser honesto ou competente. Tem que ter a capacidade de entender os anseios das populações e conseguir chegar mais longe (visionário).

Para mim estar bem colocado nas sondagens não é determinante. Não garante qualidade, nem competência. É crucial se existir a lógica da conquista do poder para os apaniguados tomarem conta da Câmara. Esse não é o meu caminho.

Se não for assim, qualquer dia todos os partidos apresentam estrelas de cinema e apresentadores de tv porque são conhecidos e "vendem" bem a imagem.

segunda-feira, 4 de abril de 2005

A Bela Ria Formosa

Esta no decidi-me a tirar a carta de marinheiro. Após vários anos de "vai, não vai" inscrevi-me, com o meu amigo Vitor Dias, no curso de marinheiro do Sport Faro e Benfica.

Logo de início os professores são duas excelentes pessoas e com uma paixão brutal pelo mar (Comandante José Gravata e Dr. Virgilio Soares).
Os companheiros foram todos 5 estrelas, malta entusiasta das lides marítimas. O Angel, o Ângelo, o José João, o Alexandre Granadas, o Carlos Lima, o Diogo Alves, o Patrício e o Vitor Dias.

Mas, acima de tudo ganhei muito respeito pelo mar e pela necessidade de tomar precauções quando se navega.

E a nossa Ria Formosa é tão bela... O passeio da doca até ao Farol é lindo...
Este sábado fomos uns quantos (houve um professor que se baldou...) almoçar à ilha do Farol. Uma dourada escalada apanhada na zona, regado com um belo Planalto fresquinho.... isto sim, é qualidade de vida!
Amanhã vou ser Pai!!!

A sensação é indiscritível.
O Alexandre vai nascer. Parte de mim vai estar naquele novo ser.
Como será a primeira reacção? Como será? Será parecido com quem?
Estará tudo bem? Será calminho ou rezingão? O que será no futuro?
Que cuidados vou ter na sua educação? Como serei no papel de Pai?
Só uma coisa é certa: a ficha de sócio do Benfica já está pronta...

sexta-feira, 1 de abril de 2005

Novo Código da Estrada

Artigo 49.º
Proibição de paragem ou estacionamento
1 - É proibido parar ou estacionar:
f) Nas pistas de velocípedes, nos ilhéus direccionais, nas placas centrais das
rotundas, nos passeios e demais locais destinados ao trânsito de peões;

AHAHAHAHAH

quarta-feira, 23 de março de 2005

A dúbia Comunicação Social...

O Pai do Eng. Sócrates veio dizer que a ceromónia de tomada de posse do novo Governo foi elitista, pensando ele que o rico filho nada tinha a ver com aquilo. As televisões registaram e ficou por aí!

O Ministro das Finanças disse que possivelmente vai ter que aumentar impostos. O Eng. Sócrates desmentiu. Não foi noticiado como trapalhada ou falta de comunicação. As televisões registaram e ficou por aí!

O Dr. Santana Lopes não avisou oficialmente que iria voltar à CM Lisboa e os jornalistas vigiaram-lhe os passos durante dias: com quem almoçou, com quem reuniu, etc. As televisões melgaram o tempo todo e ficou por aí!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2005

Portas vs. Jerónimo

No debate de ontem, Paulo Portas cilindrou Jerónimo de Sousa. Até conseguiu colocar o Jerónimo contra o corte do abono de familia às familias ricas...

Paulo Portas nos debates está no seu ambiente ideal. Tudo muito bem estudado e preparado.
Jerónimo demonstrou falta de ideias, pouca conviccão e muita atrapalhação no discurso. Não admira que em breve o Bloco lhe passe à frente.

Estes frente-a-frente são muito elucidativos. Pena que haja um senhor que ache que já ganhou e não precisa de debater com todos, um-a-um. Enfim, manias!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2005

Candidatos a Deputados pelo circulo do Algarve

Eis a informação retirada dos respectivos sítios na internet:

PSD
1º José Mendes Bota – Economista (Faro)
2º José Manuel Pereira da Costa – Advogado
3º Luís Filipe Soromenho Gomes – Engenheiro do Território (Vila Real Sto. Antº)
4º Carlos Eduardo Silva e Sousa - Advogado (Albufeira)
5º Ofélia Isabel Andrés da Conceição Ramos Costa – Advogada (Faro)
6º Alberto Augusto Rodrigues de Almeida – Filologia Românica (TSD)
7º Cristóvão Duarte Nunes Guerreiro Norte – Economista (JSD)
8º João Manuel Malveiro Amado – Médico (Portimão)

SUPLENTES
1º Virgínia Paula Ventura Marreiros Conceição Silva – Educadora Infância (Lagos)
2º Rui Miguel da Silva André – Professor (Monchique)
3º Irina Andreia Barbeiro Farinha – Intervenção Comunitária (Olhão) (JSD)
4º Rui Manuel Rocha Horta – Advogado (Tavira)
5º Joaquim Gago Mendoza – Veterinária (São Brás de Alportel)


PS
João Cravinho
José Apolinário Nunes Portada
Aldemira Maria Cabanita Bispo Pinho
Miguel João Pisoeiro Freitas
Luís Manuel Carvalho Carito
Jovita de Fátima Romano Ladeira
Hugo Miguel Guerreiro Nunes
David Martins

Suplentes
Esmeralda de Fátima Q. Salero Ramires
Paulo José Dias Morgado
Manuel José Mártires Rodrigues
Anabela Simão Correia
Vitor Manuel Cabrita Neto


PCP
1º - Virgílio Nereu. 59 anos.
Médico Pediatra. Membro do Executivo da Comissão Concelhia de Faro. Membro da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP.
2º - Vanessa André. 26 anos. Trabalhadora-Estudante do Ensino Superior. Membro da Comissão Regional do Algarve da JCP. Membro da Direcção Central do Ensino Superior da JCP. Membro da Comissão Concelhia de S. Braz de Alportel do PCP.
3º - José Cruz. 57 anos. Empregado bancário. Membro da Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António. Vice-Presidente da Assembleia Metropolitana do Algarve. Membro da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP.
4º - Graco Trindade. 37 anos. Piloto de Barra/Oficial da Marinha Mercante. Dirigente do Sindicato dos Capitães, Oficiais Pilotos, Comissários, Engenheiros da Marinha Mercante e Oficiaismar. Membro da Comissão Concelhia de Faro do PCP.
5º - Manuel Francisco Botelho Agulhas. 59 anos. Micro-empresário. Sócio Fundador da COOPOFA – Cooperativa de Consumo Popular de Faro.Membro da Direcção Nacional da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas. Membro da Assembleia Municipal de Faro. Membro da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP. Membro do Comité Central do PCP.
6º - Carlos Silva. 44 anos. Professor do Ensino Secundário. Presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas do Algoz. Membro da Direcção do Sindicato dos Professores da Zona Sul. Membro do Conselho Nacional do Partido Ecologista “Os Verdes”.
7º - Maria Brites Quintino da Silva Nunes Dias Alcobia. 53 anos. Funcionária Administrativa. Dirigente Sindical do STFPSA. Membro do Conselho Municipal de Segurança de Lagos. Independente.
8º - Francisco Martins. 47 anos. Economista e Professor do Ensino Secundário. Vereador na Câmara Municipal de Silves. Membro da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP.

SUPLENTES
1º - Fernando Melo. 45 anos. Médico Pediatra. Membro do PCP.
2º - Josué Marques. 62 anos. Mestre pescador. Coordenador do Sindicato dos Trabalhadores do Mar do Sul. Membro da Comissão Executiva da União dos Sindicatos do Algarve. Membro da Direcção da Organização Regional do Algarve e da Comissão Nacional das Pescas junto do CC do PCP.
3ª - Maria Celina Correia Fernandes Leal. 68 anos. Professora do ensino secundário. Membro da Direcção da Intervenção Democrática.
4º - Joaquim Borges. 45 anos. Chefe de sala. Dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Hotelaria do Algarve. Membro da Direcção da Federação dos Sindicatos da Hotelaria. Membro do Conselho Nacional da CGTP-IN. Membro da Comissão Concelhia de Olhão do PCP.
5º - Maria Helena Loureiro Carvalho Franco. 47 anos. Funcionária Administrativa. Presidente do Rancho Folclórico e Etnográfico de Faro. Membro do PCP.

O sítio do CDS/PP convida a voltar em breve...

Engraçado. O PCP é quem dá mais informação. O PS apenas dá informação extra sobre o seu cabeça de lista. E o PSD indica o Concelho/órgão a que pertence o candidato. Quando não diz nada à frente, significa que é paraquedista... O paraquedista do PS é o nº 1 da lista, o do PSD é o nº 2.

O PCP tem uma média de idades de 47,75 anos nos efectivos e de 49,9 na lista toda.

domingo, 9 de janeiro de 2005

A eleição dos deputados

Este sistema eleitoral não serve.

Se os deputados são todos nacionais, não representam o seu distrito, mas sim todo o País, porque razão não são eleitos numa lista única, como para o Parlamento Europeu?

Até tem mais lógica democrática, pois todos os votos contam, todos os votos ajudam a eleger deputados (votos no PCP, BE e CDS no Algarve são deitados fora, por exemplo).

Mas se não é assim, se são deputados nacionais eleitos através de 22 circulos eleitorais, supõe-se que devem ter alguma coisa a ver com o seu distrito eleitoral.

Os deputados do PSD-Madeira não representam o País quando vão fazer a sua negociata particular em cada orçamento de estado, a mando do Alberto João, certo?

Assim sendo, e uma vez que haverá sempre paraquedistas para encaixar nas listas, o melhor seria criar um circulo nacional com 20 ou 30% dos deputados, onde os partidos iriam encaixar esta malta, deixando para os circulos distritais a função de eleger os seus representantes.

Sem falar nos circulos uninominais, que poderão ser uma evolução lá mais à frente.
Porque razão...

Não convidaram o José Castelo Branco para candidato a deputado? O circulo eleitoral é indiferente.

Penso que seria a cereja em cima do bolo!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2005

A lista do PSD para as legislativas

Não se compreende que o Dr. Carlos Martins não vá na lista do PSD pelo Algarve. Se a analisarem bem, provêm quase todos da Com. Politica Distrital actual... quem ganhou faz agora eleger os seus. Não foram escolhidos os melhores militantes, foram escolhidos os membros da facção vencedora. Dia 20 de Fevereiro teremos a resposta dos algarvios.
Será que...

Jorge Sampaio se vai demitir se no dia 20 de Fevereiro não surgir uma maioria estável para governar?

É o mínimo que se pode esperar...
Afinal..."Cavaco utilizou imagem de Sá Carneiro em campanha de 1985"-in Diário Digital

Estas pequenas notícias sobre pequenas coisas não engrandecem quem toma agora uma atitude diferente daquela que tomou no passado.
Aqui!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2005

Facadas nas costas de Santana

Primeiro Cavaco Silva que subitamente quer renegar o seu passado como PM, pensando apenas na sua candidatura presidencial, sendo absolutamente insensível ao seu partido num momemento particularmente difícil para este.

Depois, Pôncio Monteiro, ex-comentador desportivo como adepto do FCP, disse que não fazia campanha com o nº 2 do PSD e foi logo corrido das listas a deputados. As declarações que fez foram empoladas pelos órgãos de comunicação criaram mais um facto político negativo.

Santana Lopes não merecia tanta trapalhada e ingratidão. Que mais lhe irá acontecer?
Telenovelas

Desde os meus 18 anos que deixei de ver telenovelas. Considerei que eram um produto cultural muito fraco e não acrescentava nada.

Em Dezembro passado mudei.

Vocês já viram as boazonas da telenovela "Mistura Fina" da TVI? As duas irmãs, a Espanhola,etc...

E tudo produto nacional... incluindo a Espanhola...